CARREGANDO

O que você procura

Destaque Geral Portal de Jornalismo ESPM RJ

Saindo da quarentena – Estados Unidos.

Compartilhar

Atualmente, cerca de 20% da população brasileira já foi vacinada com a primeira dose da vacina do coronavírus e apenas 10% já receberam as duas. O Brasil se encontra atrasado em relação a outros países que decidiram aderir antes à vacina. Nos Estados Unidos, por exemplo, mais da metade dos adultos estão completamente vacinados contra a COVID-19, segundo informações dadas pela Casa Branca nesta terça-feira (25). Em todo território, as novas infecções pela doença se estabilizaram em um declínio contínuo conforme o avanço e sucesso das campanhas de vacinação.

Os americanos imunizados com as duas doses estão liberados do uso de máscaras e das regras de isolamento social, tanto em ambientes externos quanto internos. Através dessa liberdade, torna-se possível a retomada de certas atividades, como a realização de eventos. Um dos maiores festivais de música eletrônica do mundo, o Electric Daisy Carnival, em Las Vegas, está previsto para acontecer em outubro, com uma expectativa de público de mais de 100.000 pessoas. Além deste, a edição do Lollapalooza, em Chicago, também foi confirmada e ocorrerá no mês de julho.

Para saber mais sobre a reabertura, falamos com Allana Calvano, 20, estudante de engenharia. Apesar de ser brasileira, Allana vive na cidade de Norman em Oklahoma, nos Estados Unidos. O estado já vacinou com duas doses mais de 1 milhão e 300 mil pessoas, aproximadamente 33% de sua população, com apenas uma dose esse número sobe para 41%, de acordo com “Our World in Data”.

Portal: Quando você se mudou para os Estados Unidos?

Allana: Eu me mudei para lá faz quase 2 anos, em agosto de 2019. 

 

Portal: Como está sendo voltar a sair de casa e a readaptação após mais de um ano de pandemia? 

Allana: Voltar a sair de casa e a readaptação após mais um ano de pandemia foi algo muito rápido na minha opinião, o plano de vacinação foi muito eficaz e mais de 42% da população já tinha sido vacinada, incluindo vários alunos internacionais como eu. 

 

Portal: Ainda existe alguma medida de segurança? Se sim, qual?

Allana: Apesar da maior parte da população ter sido vacinada e do controle que o governo está tendo da pandemia, ainda existe alguma medida de segurança. As pessoas que não estão vacinadas devem usar máscara para sair na rua, e as pessoas que já foram vacinadas há mais de 1 mês podem andar nas ruas sem máscara. Mas ainda assim, isso varia de estado para estado.

 

Portal: Você tem parentes que ainda moram no Brasil? Se sim, como é estar vacinada e ver que a vacinação para seus familiares ainda ocorre de forma lenta?

Allana:  Eu ainda tenho parentes que moram no Brasil, praticamente a minha família inteira. Meus pais, tios e avós. Felizmente, a maioria já foi vacinada, mas alguns ainda não. É muito triste e decepcionante ver a vacinação ocorrendo de forma tão lenta aqui no Brasil. 

 

Portal: Quais eventos já podem ocorrer na sua cidade com a capacidade total do lugar? 

Allana: Na minha cidade, alguns eventos já podem ocorrer com capacidade total, mas ainda com algumas limitações. A universidade proibiu a maioria dos eventos de grande porte, mas a formatura dos alunos aconteceu no estádio, com média lotação. 

 

Portal: Por mais que você já tenha tomado a vacina, você se sente segura a andar sem máscara e frequentar locais aglomerados novamente? Ou ainda sente um receio de pegar o vírus?

Allana: Por mais que eu já tenha sido vacinada, em algumas situações eu ainda me sinto insegura e tento evitar. Nos Estados Unidos eu me sentia muito mais segura que no Brasil, principalmente na minha cidade porque o número de casos ativos era de menos de 100. Aqui no Brasil, eu tento ser mais cuidadosa por conta do grande número de casos e mortes.

 

Reportagem: Amanda Domicioli | Alberto Ghazale | Felipe Rinaldi | Filipe Fernandes | João Manoel Morais | Júlia Araujo | Laura Tito.

Supervisão: Felipe Roza | Juliana Ribeiro | Pedro Cardoso.

Tags:

Você pode gostar também

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *