CARREGANDO

O que você procura

Destaque Geral Portal de Jornalismo ESPM RJ

Doença do Silicone

Compartilhar

A Síndrome de ASIA (Síndrome Autoimune Induzida por Adjuvantes), mais conhecida como Doença do Silicone, é uma enfermidade que ainda está sendo muito estudada e que tem sido recorrente nas mulheres que fizeram o implante. Há relatos de melhora ao ser realizado o explante da prótese, porém o diagnóstico é difícil de ser dado pelos médicos. A lista de sintomas é grande e comum a várias outras doenças, como fadiga, perda de memória, entre outros. Além disso, pela falta da confirmação de estudos sobre a doença, muitas mulheres não pesquisam devidamente sobre os riscos que o silicone pode trazer. 

Flavia Faria, criadora da conta “Silicone Free” no Instagram, fez a cirurgia para remover as próteses após descobrir que o lote de seus implantes apresentavam alta incidência para um tipo de câncer. Por isso, ela explica que criou a página (@silicone.free) para trazer mais informações e relatos de mulheres que passaram pelo mesmo. Outra pessoa que foi impactada pelo explante foi Luana Arruda Souza, que conta sobre os sintomas que apresentou e como se sentiu após a remoção: “Estou me sentindo livre, me amando muito mais do que antes”. 

Além disso, a cirurgiã plástica, Fabiana Catherino, informa mais sobre a doença e o debate que vem sendo trazido sobre a sua existência. “A Síndrome ASIA tem um dos diagnósticos mais difíceis de serem feitos. Os sintomas são vagos, comuns a muitas doenças e se confundem muitas vezes.” Por isso, o vídeo abaixo busca explicar melhor os impactos que o silicone pode trazer na saúde de quem o implanta.

Reportagem: Gabriela Leonardi e Letícia de Lucas

Edição: Gabriela Leonardi

Supervisão: Patrick Garrido e Pedro Cardoso 

Tags:

Você pode gostar também

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Próximo