CARREGANDO

O que você procura

Geral Portal de Jornalismo ESPM RJ

Estradas para o rock

Compartilhar

A oitava edição do Rock in Rio será realizada em dois períodos, o primeiro entre os dias 27 e 29 de setembro, e o segundo entre os dias 3 e 6 de outubro. Além do Rio de Janeiro, o evento que completa 34 anos, já aconteceu em Lisboa, Madrid e Las Vegas, tendo ocorrido 21 vezes no total. De acordo com os organizadores do festival, os ingressos esgotaram, sendo o dia do metal, que contará com as bandas Iron Maiden, Scorpions, Megadeth e Sepultura, o primeiro.

Em 1985, aconteceu pela primeira vez o Rock in Rio na cidade que contém o nome da marca. O Complexo Esportivo Cidade do Rock, antiga sede, recebeu os shows de 1985, 1991 e 2001 e teve em sua primeira edição bandas como AC/DC, Iron Maiden, Paralamas do Sucesso e Ozzy Osbourne. Em sua estreia, o festival contou com 1 milhão e 380 mil espectadores. Em 2004, após o evento ter tomado repercussão mundial, a marca foi internacionalizada com a edição de Lisboa, em Las Vegas em 2015 e em Madrid em 2008.

O local do espetáculo é o Parque dos Atletas, mais conhecido como Nova Cidade do Rock, que fica no limite da Barra da Tijuca e de Jacarepaguá, e possui 150 mil metros quadrados. Ele foi construído pela prefeitura do estado em 2010 com o objetivo de servir como um espaço de lazer para os competidores das Olimpíadas de 2016 e para sediar o Rock in Rio, que já abrigou o festival em 2011, 2013 e 2015.

Empresas de turismo, como a CVC, fecharam pacotes para pessoas que vem de fora do Rio. Os pacotes dessa empresa em específico contam com hospedagem, translado e ingresso, de acordo com Jaqueline Santos, que é funcionária. Ela comenta também que muitas viagens para o Rio de Janeiro são vendidas nessa época especialmente para o festival, porém por fora dos pacotes oferecidos. “O turismo na cidade aumenta muito por causa dos eventos”.

A expectativa de mais de 700 mil pessoas na Cidade do Rock conta com a presença de muitos turistas que vem exclusivamente para o evento. Um exemplo é a produtora e curadora audiovisual, Juliana Costa, que vem de Brasília pela segunda vez para ver sua banda preferida, Foo Fighters (28). Ela diz que vai fazer o trajeto da Zona Sul, onde ficará hospedada, até o local do festival de transporte público. “Me lembro do caminho ter sido bem tranquilo em 2017, é divertido também com muita gente indo ao evento”.

O estudante paulista Luigi Razzante, também comparecerá no Rock in Rio no dia 28. Para ele, morar em outro estado não é um obstáculo, visto que possui alguns amigos no Rio de Janeiro. Ele se identificou com o line-up e já conhece o evento, porém, diferente de Juliana, Luigi decidiu dividir o preço de um aplicativo de carro com alguns amigos para chegar até a Cidade do Rock.

Além disso, Patrícia Medeiros que vem de Brasília pela segunda vez ao Rock in Rio conta que sua motivação é para prestigiar um show que sempre teve vontade de assistir, o da banda Muse (6). “O que me motivou também é que gosto muito de festivais, acho legal ir pra ver uma banda, mas conhecer outras ou ver outros shows que são bons, além de passear pelos espaços e se entreter com outras coisas”. A designer gráfica conta que comparecerá dia 5, com sua melhor amiga, que mora próximo ao local do evento e deve ir de carro.

Segundo a assessoria do Rock in Rio, 60% do público é de fora do Rio de Janeiro, sendo as cidades de São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Rio de Janeiro foram os que mais compraram. Além disso, 73 países efetuaram a compra, com destaque para: Rússia, Estados Unidos, Emirados Árabes, Polônia, Noruega, Chile, Dinamarca e Canadá.

Reportagem: Carolina Mie, Mariana Colpas, Patrick Garrido e Pedro Cardoso.

 

 

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *