CARREGANDO

O que você procura

Geral Portal de Jornalismo ESPM RJ

Vassouras além dos jogos

Compartilhar

Localizada a cerca de 116 km da capital fluminense, Vassouras é, hoje, uma cidade que possui altos e baixos de população ao longo do ano. O município comporta cerca de 35 mil habitantes. Entretanto, estes números têm aumentado consideravelmente nas épocas dos jogos universitários, uma vez que, os principais campeonatos vêm sendo disputados na localidade.

O fato de Vassouras, nos últimos anos, ser considerada uma das principais cidades universitárias do estado tem prós e contras. No último Intermed (Jogos Universitários de Medicina), por exemplo, o município recebeu mais de 8 mil pessoas oficialmente. Entretanto, segundo o Inspetor Ferreira, da Guarda Municipal de Vassouras, a cidade teve um movimento extra de 10 a 15 mil pessoas nos 5 dias de jogos. “A parte positiva dos jogos é essa: a movimentação financeira colocada no comércio local e na rede hoteleira. É um fluxo enorme em um período curto de tempo”, disse.

Maria das Graças, comerciante de roupas, falou sobre a desordem causada na cidade durante os jogos: “Traz um certo transtorno também porque é uma cidade que não tem a estrutura necessária para receber os jogos, fica tudo muito tumultuado. Pro comércio, inclusive”. Para ela, a prefeitura deveria separar uma área específica para os estudantes, para a cidade se manter numa estrutura aceitável.

A falta de organização, destruição do espaço público e acidentes são as principais queixas da população, como já citados acima. Tais reclamações já fizeram por vezes a cidade debater sobre a proibição dos jogos em Vassouras, chegando a ter votação na assembleia dos vereadores.

A opinião pública dividida pode ser exemplificada pela aposentada Almerinda da Silva e a estudante de medicina da Universidade de Vassouras, Lara Martins. A primeira se demonstra contrária aos jogos na cidade, segundo ela, os moradores locais evitam até em sair de casa nessa épocas, para não se expor a confusões. Para Lara, os jogos são benéficos para a cidade, uma vez que a cidade ganha uma vida e novas possibilidades surgem para a economia local

Os constantes debates surgem sempre antes e depois de um dos eventos, o que fica claro nas falas de todos é que a cidade se modifica e o seu dia a dia fica mais intenso. A próxima competição no município ocorrerá no próximo mês e contará com a presença de um número maciço de atléticas. A Supercopa será mais um teste para a estrutura da cidade de Vassouras. 

Reportagem: Nestor Ahrends e Yuri Murta

Infográfico: Yuri Murta

2 Comentários

  1. Cedenyr 22 de outubro de 2019

    Sempre tive curiosidade em saber a opinião dos moradores sobre esses jogos universitários de Vassouras. Pra mim essa matéria foi altamente esclarecedora. Parabéns !!

    Responder
  2. Marli Sciammarella Lima 22 de outubro de 2019

    Muito boa reportagem especificando assim os 2 lados. Isso realmente acontece com uma cidade onde não está preparada, ao meu ver, para a evolução. Nada evolui da noite para o dia, e sim gradativamente. Parabéns Yuri e Nestor.

    Responder

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *