CARREGANDO

O que você procura

Geral Portal de Jornalismo ESPM RJ

O CINEfoot e a camisa 10

Compartilhar

Pela décima vez o estádio foi a sala de cinema, o campo a tela, onde não entraram 11 jogadores, mas foram exibidos 65 filmes. Isso ocorreu no CINEfoot, o único festival de cinema de futebol do Brasil. Neste ano, algumas séries incorporaram o acervo, que contou com filmes sobre times, torcida, jogadores e, é claro, futebol.

Desde o início do festival o número da edição serve de gancho para homenagear jogadores que vestiram o mesmo número em sua camisa. No primeiro ano do evento, o goleiro Félix, que ganhou a Copa do Mundo do México, em 1970, foi o homenageado. Seguindo a tradição, o escolhido da vez é Pelé. Os realizadores escolheram Edson Arantes do Nascimento por ter sido o maior camisa 10 que o Brasil já teve. Como marca deste ano, foi usada a frase dita por Pelé em sua despedida dos gramados: “Love, love, love”.

 O CINEfoot surgiu em 2010, durante a Copa do Mundo da África do Sul. Segundo o cineasta e diretor geral do festival, Antônio Leal, ele foi criado para tratar de uma das paixões nacionais do brasileiro, o futebol. “Na época, não havia um festival de cinema que tratasse disso. Então, nós tínhamos que naquele momento criar o CINEfoot”. Hoje, ele conta com um acervo de 450 filmes de diversas nacionalidades, mas no início não foi bem assim. “Não havia muitos filmes disponíveis no começo, mas a partir da primeira edição conseguimos crescer. E o que aconteceu em sequência foi uma grande surpresa, porque a cada ano o volume que chega para nós é cada vez maior. Então, o festival foi se fortalecendo ano a ano e hoje completa 10 anos”, explica o cineasta.

Além de falar do esporte mais popular do país, o evento divulga os filmes futebolísticos que muitas vezes não têm a chance de ir para salas das grandes franquias de cinema . Para o roteirista e professor do curso de cinema da ESPM-RJ, Simplício Neto, isso é importante para certos tipos de filmes e de gêneros, que não alcançam o mesmo espaço. “O festival é essa primeira janela para um público mais específico e mais interessado. Ou até mesmo para pessoas fora disso ouvirem falar, porque senão pode acabar não ouvindo sobre o filme”.

As pessoas que frequentam podem variar. Muitas vezes é alguém que tem interesse em futebol e no cinema brasileiro, mas também há pessoas que não tem tanto desejo no último como no primeiro. João Guedes é um deles, o estudante de administração foi pela primeira vez no festival e adorou. “É muito legal um festival assim. Eu não costumo ir ao cinema, mas se tivesse mais filmes de futebol nele, com certeza frequentaria mais”.

A 10° edição do CINEfoot começou no Rio de Janeiro no dia 5 de setembro, tendo sua sessão de abertura esgotada. Na cidade maravilhosa o evento se encerrou hoje (12). Porém, o festival ainda ocorrerá em Belo Horizonte do dia 11/09 à 15/09 e em São Paulo entre os dias 12/09 e 16/09 no Museu do Futebol.

Reportagem de Patrick Garrido

 

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *