CARREGANDO

O que você procura

Destaque Portal de Jornalismo ESPM RJ

Próximos mesmo à distância

Compartilhar

O afastamento social mudou o cotidiano e a vida de muitos cidadãos. Não poder estar próximo dos amigos, familiares, namorados e pessoas queridas pode ter se tornado uma das maiores dificuldades que enfrentamos na quarentena. Datas importantes têm sido comemoradas à distância. Nesses dois meses já se passaram Páscoa, Dia das Mães, inúmeros aniversários, nascimentos e outros momentos.  No entanto, a tecnologia, que antes distanciava, agora traz pra perto. 

Redes Sociais , apps e sites têm sido artifícios muito utilizados para fazer contato com quem está longe. Um exemplo, é  o aplicativo de chamadas Zoom, que vem sendo usado nessa quarentena tanto para reunir amigos e famílias ou para fins educacionais e empresariais. Desde o início do confinamento, o site se tornou um dos 20 sites mais acessados no mundo, de acordo com o Relatório Alexa. As pesquisas realizadas no Google pelo termo “Live” no Brasil também cresceram, desde o final de Março houve um aumento de 55% comparado aos meses anteriores. Outra plataforma muito utilizada para fazer chamadas é o Skype, que registrou um aumento de 70% dos usuários e 220% no número de ligações realizadas no primeiro mês de isolamento, segundo a Microsoft. 

Além das vídeo-chamadas, as lives têm sido uma das maneiras mais procuradas para se conectar com as outras pessoas. Só nos últimos dois meses houve um crescimento de 4,900% na procura por conteúdo ao vivo no Brasil, segundo dados do Youtube. O casal Juliana e Rafael Lani que realizaram o seu casamento no dia 18 de abril,  escolheram transmitir ao vivo a cerimônia  pelo Facebook para amigos e familiares para evitar aglomerações. Ambos trabalham na linha de frente no combate ao  COVID-19 mas mesmo assim, não queriam deixar de lado a data tão esperada.

O casal conta também que mesmo os colegas que, antes não poderiam ir, assistiram do plantão o casamento pela live e se fizeram presentes. Essa proximidade, pode ser vista não só no núcleo social de Juliana e Rafael, como também no grupo de amigas Joanna Coutinho, Clarice Romero, Fernanda Guerra e Maria Clara Feldmann, que por videochamadas têm se encontrado mais do que antes do início do confinamento. Maria Clara, fala que esperava ansiosamente pela “semana do aniversário”, mas devido ao distanciamento o dia passaria em branco.  Por isso, suas amigas tiveram a ideia de fazer uma chamada surpresa combinada com familiares e amigos de outras cidades. 

Apesar da grande demanda por novos métodos de contato, algumas pessoas já usavam o vídeo para se comunicar à grandes distâncias. Um exemplo é Brenda Mesquita que mora no Rio de Janeiro, no Brasil, e seu namorado, Eric Fabbriani,  que mora em Melbourne, Austrália. Eles contam que quando Eric se mudou pra lá no início do ano letivo de 2020, tinham planos de visitar um ao outro, mas com a pandemia as viagens foram adiadas. No início, as chamadas eram sobre as novidades, já que ambos eram calouros em suas novas faculdades, e agora se tratam mais de programas juntos e  sobre um panorama da evolução dos casos da doença.

 

Reportagem: Ana Júlia Oliveira e Bruna Barros

Supervisão: Maria Luísa Martins, Mariana Colpas, Matheus Pardellas e Patrick Garrido

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *